Qualidade e meio ambiente

Qualidade

A qualidade SLP é garantida pelo controlo integral dos processos de fabricação e distribuição. A matéria-prima selecionada é de alta qualidade, o processo de fabricação otimizado, o direito de usar a marca ThermoWood® atribuído pela Associação Internacional da Madeira Termo-tratada (International Thermowood Association), são as bases da nossa atividade e qualidade apresentada pelos nosso produtos. SLP é um dos pioneiros do termo-tratamento no mundo e, a nossa experiência de longa data garante a nossa competência sólida e a qualidade dos nossos produtos. O controlo do processo de termo-tratamento foi desenvolvido por nós mesmos e é cuidadosamente otimizado. Como matéria-prima usamos principalmente o Abeto e o Pinheiro Silvestre do norte. Relativamente à aquisição da matéria-prima, procuramos uma cooperação duradoura com as serrações das proximidades.

São vários os certificados que provam a nossa responsabilidade no trabalho. À SLP foi atribuído um certificado de qualidade ISO9001, prova da cuidadosa planificação e qualidade da nossa atividade e da nossa liderança. Inspecta Oy supervisiona como um organismo independente o controlo da cadeia de custódia das matérias primas e a qualidade de produção da SLP. Como prova disso, o Sistema da Certificação Florestal da Finlândia concedeu à SLP o direito de usar a marca de certificação de origem PEFC e a Associação Internacional da Madeira Termo-tratada o direito de usar a marca de qualidade ThermoWood® (TWM).

Procuramos constantemente melhorar a nossa atividade. Respeitamos a opinião dos nossos clientes e procuramos que beneficie do desenvolvimento da nossa empresa. Queremos manter uma interação ativa com os nossos clientes e que esta beneficie ambas as partes. Também estabelecemos metas a nós próprios e procuramos atingí-las sem esquecer os nossos valores.

Respeitando os valores acima referidos e atendendo aos desejos dos clientes, queremos oferecer-lhes qualidade e luxo. Temos confiança nas propriedades ótimas que a madeira ganha no termo-tratamento e damos aos nossos produtos uma garantia de resistência ao apodrecimento de 30 anos. Às superfícies pintadas dos nossos produtos garantimos uma duração de 10 anos.

twa-tmt             BV_ISO9001_ISO14001              pefc

Meio ambiente

Respeitamos a natureza e temos em conta o impato das nossas ações no meio ambiente. Esses assuntos são uma parte essencial dos valores da nossa empresa. O nosso objetivo é atuar da maneira menos prejudicial possível para a natureza. Utilizamos eletricidade proveniente de recursos naturais renováveis e produzimos energia térmica dos resíduos resultantes da nossa produção de madeira. Queremos preservar o caráter natural e respeitoso com o meio ambiente dos nossos produtos. Também acreditamos que os nossos clientes valorizam esses assuntos.

Queremos ainda que o próprio processo de fabricação seja o menos prejudicial possível para a natureza. Os resíduos resultantes da nossa produção de madeira são utilizados para produzir energia térmica tanto na Finlândia como fora dela. A utilização da madeira para produzir energia é mais respeitoso com o meio ambiente do que a dos combustíveis fósseis, pois a emissão do dióxido de carbono é menor. Temos investido no desenvolvimento com o objetivo de aproveitar os resíduos da melhor maneira possível. Acreditamos que isto será cada vez mais importante no futuro. O nosso objetivo é desenvolver-nos também nesta área e ponderar como poderiamos desenvolver a nossa atividade a partir do princípio de respeito ainda maior pelo meio ambiente.

O respeito pelo meio ambiente e o caráter natural dos nossos produtos são valores importantes para a SLP. No futuro, estes assuntos ganharão cada vez mais peso, pelo que queremos desenvolver-nos nesta área constantemente. Estamos confiantes que, no futuro, os consumidores considerarão cada vez mais o impacto no meio ambiente dos produtos e apreciarão o caráter de amigo do meio ambiente dos mesmos, bem como o seu impacto na saúde.

 

Uso da madeira na construção

Usar madeira na construção é já por si uma conquista para o meio ambiente. A reserva do carbono nos produtos de madeira ajuda a diminuir a quantidade do dióxido de carbono na atmosfera, assim prevenindo as alterações climáticas. O carbono permanece nos produtos de madeira durante todo o ciclo de vida destes, incluindo a sua utilização e reutilização, bem como a reciclagem. A madeira é um dos mais antigos materiais de construção e o único naturalmente renovável. Nenhum outro material comum de construção requer tão pouca energia para ser produzido. A fabricação de um produto de madeira requer menos combustível fóssil do que, por exemplo, a produção de aço. Também a transformação da madeira requer pouca energia, pelo que pode ser classificada como um material de construção de baixo consumo energético. A madeira também é um material leve e, a percentagem do consumo de energia para o seu transporte é apenas de 2 a 3% da fabricação dos produtos de madeira. Os resíduos resultantes da madeira são utilizados como combustível biologico, podendo substituir o uso de combustíveis fósseis. A madeira é biologicamente degradável e, depois de ser usada, pode ser devolvida para o ciclos naturais, onde se transforma em dióxido de carbono e água.

Assim, um produto de madeira reserva o carbono durante todo o seu ciclo de vida, sendo um material renovável e de baixo consumo energético. A madeira termo-tratada que deixou de ser usada não é um resíduo perigoso e, pode ser aproveitada como a madeira normal para a produção de energia ou enviada para eliminação em aterros sem riscos.

 

Uso das florestas na Finlândia

A Finlândia é o pais com mais floresta na Europa com 76% da sua superfície é coberta por floresta, sendo desta os 89% coníferas e os 10% árvores folhosas. Quase todas as florestas (96%) da Finlândia são classificadas como florestas naturais ou equivalentes. As ações do homem deixaram marcas nessas florestas, mas as espécies de árvores são autótonas e a estrutura do arvoredo assemelha-se à das florestas naturais. A gestão das florestas na Finlândia tem as bases muito sólidas e utiliza-se menos madeira do que é o crescimento anual. A relação entre o crescimento e a abolição do arvoredo é o indicador mais importante da sustentabilidade da produção da madeira. A longo prazo, a abolição não deve ser superior ao crescimento.

Na Finlândia, a gestão das florestas é regulada e supervisionada por muitas leis e normas. O objetivo da regulamentação é manter a saúde e a vitalidade das florestas, assegurar a biodiversidade e a regeneração delas, bem como o desenvolvimento da silvicultura. A manutenção da floresta como tal mesmo depois do abate, é estabelecida pela legislação florestal: depois dos cortes de regeneração, a área cortada deve ser coberta, num espaço de tempo razoável, de plantas com capacidade de um crescimento produtivo. A silvicultura tem um papel significativo na economia da Finlândia.

A madeira tem um papel importante na luta contra as alterações climáticas. Um maior consumo de produtos de madeira aceleraria a expansão das florestas na Europa e, ao substituir os produtos fabricados com combustíveis fósseis, reduziria as emissões de gases com efeito de estufa. A Comissão Europeia está, atualmente, a analisar os meios para fomentar este tipo de evolução. A escolha de materiais, especialmente dos de construção, tornar-se-á uma parte fulcral na política climática de muitos países.